Descoberta do Exército de terracota de Xian

Arqueólogos chineses anunciaram no dia 11 de Julho de 1975 a descoberta de uma gigantesca sepultura de 20 mil m2 do primeiro imperador de Qin Shihuangid, que reinou de 221 a 207 a. C., perto de Xian. A sepultura continha estátuas de mais de seis mil soldados e cavalos em terracota em tamanho natural, um verdadeiro exército enterrado  com o soberano a fim de acompanhá-lo ao “outro mundo”. As esculturas, que datam  aproximadamente do final do século III aC, foram descobertas em 1974 por agricultores locais no distrito de Lintong, em Xian, na província de Shaanxi. Começada em 221 a. C., a obra teria levado 36 anos a ser concluída e cerca de 700 mil trabalhadores ajudaram a completá-la. Os guerreiros têm todos rosto diferente e estão armados, prontos para o combate. Ler+

Publicado em Efemérides, História | Publicar um comentário

Njinga A Mbande: Rainha do Ndongo e do Matamba

22Está disponível em português, para download gratuito, a obra ‘Njinga Mbande: Rainha do Ndongo e do Matamba’, uma publicação digital sobre uma das lideranças mais expressivas que Angola já teve, um marco de governança feminina fora do comum, que se revelou como negociadora e diplomata ímpar, além de apresentar táticas de guerra e espionagem importantes para resistir aos projetos de colonização portuguesa.
Conforme informa o site Universo Educom, o e-book é uma produção da Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, e teve a sua publicação no ano de 2014. Ler+

Publicado em aLer+, BD, História, Leitura, livros, Política, Recursos | Publicar um comentário

Elevador de Santa Justa

Do topo do elevador, inaugurado em 1902, descobre-se toda a Baixa lisboeta e o Castelo de São Jorge. Situado em pleno coração pombalino da cidade de Lisboa, o Elevador de Santa Justa é um verdadeiro ex-líbris da capital portuguesa, tornando-se visita obrigatória para qualquer turista que se desloque a Portugal.
O Elevador de Santa Justa é um transporte público da era da arquitetura do ferro, subindo da Rua de Santa Justa, na Baixa, ao Largo do Carmo, sendo atualmente o único ascensor vertical na cidade, desde que, em 1915, desapareceu o da Biblioteca. Ler+

Publicado em Arquitetura, Divulgação, Efemérides, História | Etiquetas | Publicar um comentário

Recursos Educativos Abertos

A criação de cenários de aprendizagem poderá e deverá ser enriquecida com o recurso aos REA, para que professores e estudantes possam aceder a repositórios digitais de partilha e utilização livre e legal para,  reutilizar, misturar, copiar e, claro, partilhar recursos.
Os REA deverão tornar-se, cada vez mais, repositórios essenciais para as instituições educativas, parecendo-nos mesmo que desta forma se poderá distinguir as organizações aprendentes e inovadoras das tradicionais. Ler+

Publicado em Divulgação, educação, Recursos | Publicar um comentário

Viagem ao Sonho Americano

O que é a América?
Numa viagem pelo país que (ainda) é visto como o centro do mundo, Isabel Lucas sonda a condição americana, os seus mitos, paradoxos, medos e fragilidades, mas também a sua grandeza e capacidade de reinvenção.
Partindo dos livros, esta é também uma viagem pelas ruas da América, pelas suas gentes, pelas vozes anónimas e os mitos, entre eles, o tal sonho fundador.
Afinal, o que é o sonho americano?
Será o sonho de um país ou o sonho de um mundo inteiro? Ler+

Publicado em aLer+, Divulgação, Leitura, Literatura, livros | Publicar um comentário

Livraria Lello

O edifício da Livraria Lello foi construído em 1906, pelo engenheiro Xavier Esteves. Tinha um gosto particular pela literatura, e essa afinidade com as letras ficou para sempre marcada pela construção desta que é uma das livrarias mais emblemáticas do mundo.
É célebre a colorida fachada neogótica, com os conhecidos painéis simbolistas que representam as figuras da Arte e da Ciência, da autoria de José Bielman.
Combinando o estilo Ecléctico e o estilo Art Noveau, encontram-se, no interior do edifício, um conjunto de baixos-relevos onde estão representados os fundadores da livraria, José Lello e António Lello. Ler + 

 

Publicado em Artes, Cultura, Curiosidades, Divulgação, Leitura | Publicar um comentário