Notícias SL

Ano Letivo 2015-2016

Dia de Reis

Dia de ReisHoje, dia 6 de janeiro, recordamos os três Reis Magos, sábios do Oriente, que vieram das suas terras até à gruta de Belém, seguindo uma estrela diferente das outras.
Montados nos seus camelos, eles procuravam um Menino que sabiam ser Jesus, para o adorarem e lhe oferecerem presentes: ouro, incenso e mirra.
Um chamava-se Gaspar, que significa “ o que vai com amor “; o outro chamava-se Belchior, que significa “ o que vai suavemente “; o terceiro chama-se Baltazar, que significa “o que obedece à vontade de Deus “.
No dia de Reis, costumamos comer bolo-rei e algumas pessoas oferecem uma pequena prenda a quem gostam. É um pequeno gesto de ternura que vale mais do que mil palavras.
Na nossa escola, três meninos vestiram-se de Reis Magos e visitaram todas as salas, desejando a todos um bom ano e oferecendo também um rebuçadinho.

Alunos 3º BSeparador

Exposição do Jornal Escolar

Até ao final deste período, está a decorrer na nossa escola uma exposição organizada pelo Jornal Escolar.

Exposição1O objetivo desta exposição é dar a oportunidade aos alunos de poder conhecer o nosso jornal mais de perto, isto é, poder conhecer as nossas instalações e o nosso trabalho ao longo dos anos, de todos os alunos-jornalistas que aqui trabalharam.
Os alunos podem ler exemplares de todas as edições do jornal, desde 1990 até à última edição que saiu de 2015.
Este jornal escolar já existe há 25 anos e esperamos que continue por muitos anos, com muitos alunos-jornalistas como nós ao longo dos anos. Os alunos interessados podem juntar-se à nossa equipa, há sempre lugar para mais um.

Repórter: DR 13

Separador

Escola Básica de Santa Luzia comemora dia de Ação de Graças

Feira2A Escola Básica de Santa Luzia, em Elvas, celebrou, no dia 26 de novembro, o Thanksgiving Day, Dia de Ação de Graças. Esta atividade foi organizada e dinamizada pelo grupo disciplinar de Inglês, do Departamento de Línguas do Agrupamento.
Este dia celebra-se nos Estados Unidos da América e a Escola Básica de Santa Luzia decidiu celebrá-lo também, como explicou a professora Glória Andrade à Rádio Elvas.
“Resolvemos trazer para a nossa escola uma parte da celebração. O objetivo foi divulgar a cultura, uma vez que somos professores de inglês e ensinamos as culturas anglo-saxónica, americana e canadiana e é importante difundi-las”.
Ao longo do dia, os alunos participaram em várias atividades; uma delas foi o almoço, à boa maneira americana, cujas ementas foram preparadas pelos alunos de 8.º ano. Houve ainda um concerto com músicas inglesas no refeitório.

Repórter: João Ricardo, 8.ºB

Separador

Feira solidária

Feira1No passado dia 24 de novembro, no Polivalente do Agrupamento, realizou-se a Feira Solidária, organizada e dinamizada pelo Clube de Solidariedade.
À semelhança de outros anos letivos, realizou-se esta feira com o objetivo de angariar fundos monetários para comprar alimentos para os cabazes de Natal. A escola pediu aos alunos e aos encarregados de educação que colaborassem, também, com alimentos para os cabazes de Natal, que irão ser oferecidos aos alunos mais carenciados da nossa escola.

Repórter: João Ricardo, 8.º B
Fotografia: Daniela Ribeiro, 8.º B

Separador

Concurso Literacia 3D

Literacia 3DA iniciativa LITERACIA 3D consiste num desafio nacional dirigido aos alunos dos 2º e 3º ciclos do Ensino Básico de todo o país, envolvendo os alunos, os respetivos professores e os estabelecimentos de ensino, com o propósito de avaliar a literacia da Leitura, da Matemática e da Ciência.
Neste concurso, Literacia 3D, promovido pela Porto Editora, podem participar todos os alunos dos 5.º, 7.º e 8.º anos. Na nossa escola, irão participar alunos dos três anos de escolaridade. Consiste, no fundo, em desafiar os estudantes a mostrar as suas capacidades nas três áreas do conhecimento e decorre em três fases (local, distrital e nacional), com base em testes feitos numa plataforma da Escola Virtual. Para o ano letivo 2015-2016, os alunos do 5.º ano serão desafiados para a Literacia da Leitura, os do 7.º ano para a Literacia Matemática e os do 8.º ano para a Literacia Científica.
A primeira fase do concurso é realizada na própria escola, no dia 25 de novembro, durante 45 minutos, para apurar o melhor aluno da escola.
A partir daí, o aluno vencedor passa à fase distrital e, se for aí apurado, passa à fase nacional, já durante o terceiro periodo.
Todos os alunos apurados durante as três fases serão posteriormente premiados.

Repórter: DR 13Separador

Ano Letivo 2014-2015

Olimpíadas Portuguesas de Matemática

Concurso1Maria Balsinhas, de 13 anos, aluna do 7º ano do Agrupamento nº2 de Elvas, conquistou uma medalha de prata nas 33ª Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM).
A final nacional das Olimpíadas, que decorreu de 19 a 22 de março na Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira, em Rio Maior, colocou à prova 89 alunos que realizaram duas provas de raciocínio e cálculos matemáticos.
A aluna alcançou a medalha de prata na categoria júnior que engloba alunos do 6º e 7º anos de escolaridade. Esta aluna conquistou também uma medalha de bronze nas Olimpíadas de maio, realizadas em Coimbra, e uma menção honrosa nas Olimpíadas Ibero-Americanas.
As Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM), organizadas anualmente pela Sociedade Portuguesa de Matemática, são um concurso de problemas de Matemática, dirigido aos estudantes dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e também aos que frequentam o ensino secundário, que visa incentivar e desenvolver o gosto pela Matemática.

Concurso Leitores Sonhadores

ConcursoNo passado dia 11 de março de 2015 realizou-se mais uma edição escolar do concurso “Leitores Sonhadores” do Agrupamento Vertical de Escolas nº2 de Elvas, que juntou 39 leitores do 3º ao 6º ano.
O concurso contou com os seguintes júris: Prof. António Jeca, Profª Célia Durão e o Sr. José Dario, representante do Presidente da Junta de Freguesia de Assunção.
A nova edição contou com excelentes leitores, que demonstraram com destreza as suas capacidades. No final do concurso foi apurado um aluno por ano de escolaridade. Os premiados foram: Matilde Prates (3º ano), Matilde Gama (4º ano), Axel Carapinha (5º ano) e Isabel Picão (6º ano). Estes alunos participaram na final do concurso em 10 de abril no Auditório da Escola Superior de Educação de Portalegre.
Jerónimo Xavier C. 9º D

Sessão Distrital do Parlamento dos Jovens

ParlamentoEste ano a Escola Básica nº1 de Elvas voltou a participar no concurso “Parlamento dos Jovens”, com organização da professora Ana Balagueiras e professora Marta Ferreira. Este ano o tema a debater foi o “Combate ao insucesso escolar”.
A escola participou apresentando três medidas com base no slogan escolhido: “Reduzir para aumentar”, ou seja, devemos apostar sobretudo na qualidade, em vez de investir na quantidade. As três medidas propostas foram: Reduzir a carga lectiva semanal, Reduzir o desinvestimento social e Reduzir o número de alunos por turma e a falta de condições que garantam uma efetiva diferenciação pedagógica e a inclusão.
A sessão distrital realizou-se no passado dia 09 de março, no Auditório do Instituto Português da Juventude (IPJ) em Portalegre. Nesta sessão foram apresentadas as medidas de nove escolas do distrito. A mesa de Assembleia foi composta por uma Presidente, uma Vice-Presidente e uma Secretária que foram eleitas entre os alunos das escolas participantes.
Na abertura da sessão esteve presente um representante do município de Portalegre, uma representante da DGEstE Alentejo e a deputada Sandra Cardoso (PS).
Parlamento1Os deputados eleitos na Escola Básica nº 1 de Elvas foram: Amanda Teixeira, Jerónimo Carola, Luís Laço, Ricardo Braga e Pedro Moreira (suplente). Estes alunos defenderam o seu projeto que no final foi o eleito, de entre todos os outros das várias escolas participantes do distrito, para seguir para a fase nacional. Dos quatro deputados eleitos para representarem o círculo de Portalegre na Assembleia da República, em meados do mês de maio, constam dois alunos da nossa escola: Jerónimo Carola e Amanda Teixeira. A porta-voz eleita do círculo de Portalegre na Assembleia da República foi a deputada Amanda Teixeira.
Jerónimo Xavier C. 9º D

Vamos alimentar vidas

notícia papel por alimento
A Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos nº1 de Elvas aderiu ao projeto “ Papel por alimentos”. Cada tonelada de papel recolhido (jornais, revistas, folhetos, rascunhos…) equivale a cem euros em produtos alimentares, que serão distribuídos pela Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares.
Esta campanha incentiva-nos a reciclar, mas também a sermos mais solidários.

Por isso: Vamos Alimentar Vidas.
Aqui fica o nosso convite a toda a comunidade escolar.

Marta Ribeiro, Maria Simões e Francisco Danta, alunos do 8º A

Desafio Moral

imagem5Realizou-se no dia 6 de maio de 2014, na nossa cidade, o XIII encontro de alunos de Educação Moral e Religiosa Católica, designado “Desafio Moral” e tendo como tema “Cristo, Património da Humanidade.
Estiveram presentes, entre as 9.00h e as 16.00h, cerca de 4.000 alunos, professores e auxiliares de educação das várias escolas da diocese de Évora.encontro 3
Estiveram ainda presentes o presidente da Câmara Municipal, representantes da direção dos três  agrupamentos de escolas de Elvas e, como não podia deixar de ser, o nosso Arcebispo, D. José Alves, que nos saudaram com breves palavras.
Durante a manhã houve muita música, coreografias/danças (senda a coreografia do nosso hino a principal) e apresentações de esquemas de ginástica acrobática. Os momentos principais da manhã foram a Oração e duas encenações. Na primeira assistimos à  apresentação da história de Elvas (que tal como Cristo também é Património da Humanidade) e de Cristo, Património da Humanidade.
imagem1Almoçamos no Parque da Piedade e durante o almoço conhecemos muitos alunos de outras escolas.
Seguiu-se um desfile pelas avenidas António Sardinha e da Piedade. Apesar do calor e de estarmos cansados o desfile foi muito divertido. Cada escola gritava pela sua cidade/vila e no meio do baralho não se entendia quem pertencia a que escola se não fossem as cores das Tshirt´s que nos identificavam. Foi engraçado ver a cara das pessoas que estavam na rua a olhar para nós.
encontro 4De regresso ao Coliseu voltamos a assistir a coreografias/danças, música e esquemas de ginástica. No meio da animação fomos surpreendidos. Uma menina (a Miriam Dourado) entrou no coliseu montada num cavalo e fez-nos uma demonstração equestre ao som da música. Fez-se silêncio no Coliseu e foi muito bonito.
O encontro terminou com um concerto.
Foi um dia muito cansativo, estava muito calor mas divertimo-nos muito e no final do dia, embora cansados, já estávamos a pensar no encontro do próximo ano que se realizará em Coruche. Esperamos estar lá.

Maria Neutel e Rafael, 6ºD

A Batalha das Linhas de Elvas

imagem1

A Batalha das Linhas de Elvas aconteceu no dia 14 de janeiro de 1659, ou seja, há 355 anos.
Em 1640, depois da Dinastia Filipina, a Independência de Portugal foi restaurada, no entanto, os espanhóis não desistiram de recuperar Portugal. Ler mais…
Trabalho de uma aluna do 5º D

imagem2

Feira solidária

foto leveNo dia 10 de dezembro fomos atá à escola sede do agrupamento, com a professora Helena, para juntar dinheiro através da venda de comida e decorações de Natal – Feira Solidária.
Vendemos muitas coisas: velas, flores, pulseiras e bolos. Vendemos a muitas pessoas (alunos, professores e auxiliares).
Foram lá alguns meninos para comprar o que tínhamos para vender e até nós comprámos recordações.
Todos nós gostámos de estar lá a vender aqueles objetos, principalmente porque sabíamos que estávamos a ajudar.

José Maria, João, Alexandra e Carolina – 4º A

Dia Mundial do Autismo

imagem20Clicar

Hoje, dia 2 de Abril, é o dia Mundial de Consciencialização do Autismo.
Ao existir nesta escola um aluno com este problema, pensou-se em realizar uma caminhada para assinalar este dia. Todas as turmas da Escola de Santa Luzia participaram nessa caminhada que começou na escola e terminou na Praça da República.
Todos os alunos levaram uma blusa azul e uma pulseira da mesma cor e as meninas levaram também um laço na cabeça. Cada turma levava uma peça de um puzzle que foi montado no tabuleiro da Praça da República. Depois de montado o puzzle tinha um coração onde se lia “ Caminhada pelo Autismo”.
A seguir houve uma largada de balões azuis e um lanche convívio onde os alunos participaram com entusiasmo.
Pensamos que esta iniciativa foi importante para que as pessoas não fechem os olhos a este problema e se tornem conscientes de que é necessário o apoio de todos nós.
Alunos 4º C

Ler é a base de tudo!

imagem23Os alunos premiados com o 1º lugar foram meninos de Portalegre, Campo Maior e Nisa.
Aceitei o resultado porque não se pode ganhar sempre e fiquei feliz pelos vencedores!
Trouxe um saco com lembranças para mim e outro para o meu mano com um livro, uma t-shirt e outras coisas giras.
No fim, pedi um autógrafo aos ilustradores dos livros “Reciclomania”, o Zé Machado e a Sandra Fernandes.
A todos os meninos aconselho que leiam muito e que leiam livros interessantes porque ler é a base de tudo. É o que a minha professora diz e eu concordo!
O que gostei mais deste dia foi ler e espero voltar para o ano!
Catarina 3º B

Uma experiência diferente!

imagem22No dia quinze de março, último dia de aulas, fomos a Portalegre participar na final do Concurso “Leitores Sonhadores”.
Estavam lá vários alunos do distrito de Portalegre acompanhados pelos professores das Bibliotecas e alguns pelos pais e familiares.
Do meu Agrupamento fomos quatro alunos: a Catarina (3º ano), a Ana (4º ano), a Lúcia (5º ano) e eu, como representante do 6º ano. Connosco, na viagem de autocarro, foram também os colegas dos Agrupamentos nº 1 de Elvas, Vila Boim e, ainda, do Colégio Luso Britânico de Elvas.
Tivemos um autocarro todo por nossa conta! Apesar de termos esperado um bocadinho pelo transporte, a viagem foi fantástica mas não podemos negar que estávamos todos um pouco nervosos.
No Auditório da Escola Superior de Educação fomos muito bem recebidos e, ano por ano, fizemos as nossas provas de leitura.
À tarde, foi a minha vez de ler. Li “O Mostrengo” de Fernando Pessoa e acho que foi uma boa prestação. Dei o meu melhor!
Gostei muito de ouvir ler a minha colega Carolina e penso que estamos todos de parabéns.
Quando anunciaram o resultado, soubemos que não ganhamos mas mesmo assim ficámos felizes. Fiquei com a tarefa de entregar aos meus colegas vencedores as estatuetas das “Leitoras Sonhadoras” e os sacos com lembranças que o nosso Agrupamento preparou como oferta.
Diogo 6º E

Uma tarde com boas leituras

imagem21

No dia 20 de fevereiro, realizou-se, na BE da escola EB2,3 de Santa Luzia, a 2ª eliminatória do Concurso “Leitores sonhadores”.
Este concurso tem como objetivos a promoção da leitura e o desenvolvimento da leitura expressiva junto dos alunos do ensino básico, do 3º ao 6º ano de escolaridade e a fase final do mesmo vai decorrer no auditório da Escola Superior de Educação de Portalegre, no dia 15 de março.
O concurso é promovido pelos serviços de coordenação interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares, com o apoio da Rede de Bibliotecas Escolares, do Plano Nacional de Leitura, da DRE Alentejo, da Editora Paleta de Letras e do Centro Ciência Viva de Estremoz.
Para a fase final deste concurso, ficaram apurados, no Agrupamento nº2 de Elvas, os seguintes alunos: 3º Ano Catarina Pinto, 4º Ano Ana Cortes, 5º Ano Lúcia Mendes e 6º Ano Diogo Inácio. Muitos parabéns a todos os concorrentes, que participaram na 2ª eliminatória e votos de BOA SORTE aos alunos que vão representar os Agrupamentos na fase final.

A hora do conto na BE

No dia 9 de novembro fomos à biblioteca da nossa escola ouvir uma história. A história que a professora Lena nos contou foi retirada do livro “ Três Fábulas “, escrito pelas escritoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, e chamava-se “ A cegonha e a tartaruga “.
Esta história chama-nos a atenção para a importância de ler e como os livros nos podem ensinar a conhecer e compreender o mundo à nossa volta.
Além da importância e valor da leitura, a história transmite-nos também alguns valores que não devemos esquecer como por exemplo: Não nos devemos julgar mais espertos do que os outros; não devemos ser convencidos; não devemos ter ciúmes daqueles que sabem mais do que nós; nunca julgar os outros pela aparência… Em vez disto, devemos ter humildade para reconhecer o valor dos que estão á nossa volta e se possível, aproveitar aquilo que nos possam ensinar!
Se construirmos em vez de destruirmos, se unirmos esforços em vez de criar barreiras, se aceitarmos diferenças em vez de rejeitá-las, podemos construir um mundo melhor para todos.
Joana A. 4º D

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares


No dia 22 de outubro, participei numa iniciativa diferente: a comemoração do “Mês Internacional das Bibliotecas Escolares” (MIBE).
Às 9h encontrámo-nos na Biblioteca Municipal de Elvas, a partir de onde começámos a nossa caminhada, cujo objetivo era divulgar o “Manifesto da IFLA/Unesco: a biblioteca escolar no ensino-aprendizagem” entregando panfletos a instituições locais.
O grupo, composto por alunos e professores, caminhou, naquela missão, pelas ruas do centro histórico da cidade, durante toda a manhã.
Dos sítios onde estivemos, recordo a Câmara Municipal, a Academia de Música, a Polícia de Segurança Pública, o Posto de Turismo e a Rádio Elvas, onde me entrevistaram.
Aquela manhã especial terminou com um almoço entre os participantes num restaurante da cidade.
No período da tarde, regressei à escola e à rotina diária, mas não esqueci nem esquecerei aquele dia diferente, para o qual tive a sorte de ser convidado.
Gonçalo Passareiro, 7ºB

Visita da escritora Luísa Ducla Soares
Hoje, a escritora Luísa Dicla Soares, esteve na nossa escola.
Os alunos do 3º A, recitaram duas poesias desta escritora. Depois, dois alunos de cada turma, fizeram-lhe perguntas, para a ficarmos a conhecer melhor. Luísa Ducla Soares, já escreveu cento e vinte e um livros. Decidiu ser escritora quando tinha apenas dez anos. O livro que escreveu em menos tempo, ocupou-lhe só duas horas. O que demorou mais tempo, ocupou-lhe cerca de um ano. Para escrever os seus livros, inspira-se muitas vezes nas crianças das escolas onde se desloca. Para escrever “A história da papoila” inspirou-se nas papoilas que são as suas flores preferidas. É nos seus netos que testa as novas histórias e são eles que a ajudam a melhorá-las.
O último livro de Luísa Ducla Soares chama-se “Histórias de lobos bons e de lobos maus”.
No final, a escritora, autografou-nos o livro “A história da papoila”.
Gostámos muito de conhecer a escritora Luísa Ducla Soares.
Alunos do 3º D

É preciso poupar!

No dia 5 de janeiro, decorreu, na nossa escola, uma ação de sensibilização para todos os alunos, relacionada com a poupança, de acordo com o projeto “Gerir € Poupar”.
Esta ação foi promovida por uma equipa da DECOJovem. Foi uma ação muito interessante e importante para nós. Ficámos a saber que todas as coisas têm um preço e que precisamos de dinheiro para as comprar. Para se ter dinheiro é preciso trabalhar e não devemos gastar tudo o que ganhamos, devemos poupar alguma parte.
No vídeo que vimos, aprendemos como podemos gerir o nosso dinheiro.
Na sala de aula, vamos construir um mealheiro onde iremos colocar as nossas poupanças, durante o mês de Janeiro. Com esse dinheiro iremos comprar um livro da escritora Luísa Ducla Soares, que virá à nossa escola no início do 3º período.
É muito importante pouparmos para podermos comprar algumas coisas de que gostamos, como é o caso do livro!
Alunos do 3º A

Os anjinhos curiosos

No Dia de Reis a turma do 1º B apresentou aos colegas do JI e do 1º Ano, a dramatização da história “Anjinhos curiosos”. A representação foi um sucesso e todos os presentes aplaudiram.
Foi um dia diferente em que a chegada dos Reis Magos foi motivo de festa, como manda a tradição.
À chegada os meninos do JI, sala A, cantaram as janeiras para todos.

Na Pista de Gelo

No dia 12 de Dezembro, fomos patinar na pista de gelo, no Coliseu José Rondão Almeida, em Elvas.
Ainda na escola, a professora alertou os meninos para estarem atentos às indicações dos monitores e saberem esperar pela sua vez de entrarem na pista.
Às 9h30 saímos da escola no autocarro da Câmara e quando lá chegámos aguardámos que nos dessem os patins, o capacete e uma fita azul que pusemos ao pescoço. Sentámo-nos numas cadeiras para nos equiparmos e chamaram-nos logo para entrarmos na pista.
Quando entrámos na pista, alguns meninos estavam assustados, outros estavam muito confiantes e conseguiram patinar. Alguns meninos caíram, mas ninguém se magoou.
Ao meio dia voltámos para a escola felizes porque adorámos patinar!
Alunos do 3º C

Ação de Prevenção Rodoviária

Hoje, dia 29 de novembro de 2011, na nossa escola, pudemos participar num projeto em parceria com a P.S.P.
Este projeto tinha como finalidade sensibilizar os condutores e os passageiros para o uso de cinto de segurança e de banquinho ou cadeirinha para as crianças.
Para isso foram convidados vários alunos para ajudar neste trabalho. Da nossa sala foi o Gonçalo e o João.
E que engraçado foi, vê-los vestidos de polícias a mandar parar os carros e a verificar se os passageiros estavam a cumprir as regras de segurança! Aos peões também aconselhavam a caminhar pelos passeios e a atravessar nas passadeiras. Por fim, em grupos de quatro foram, no carro da P.S.P. a fazer a ronda à zona que circunda a escola.
Foi uma experiência divertida e que serviu para aprendermos a ser mais responsáveis.
Texto coletivo – 2º ano-turma A

Segurança na estrada

Hoje, dia 21 de Novembro, fomos à biblioteca da nossa escola, ouvir falar sobre as regras que devemos cumprir na estrada e quem nos deu estas dicas foram dois polícias da Escola Segura.
Eles falaram sobre vários assuntos: sobre as cadeirinhas que as crianças devem usar; sobre o cinto de segurança, que todos, os que vão numa viatura, devem utilizar; da forma como se coloca o “ovo”, para as crianças com idade até aos 8 meses.
Os senhores polícias avisaram que os condutores não devem falar ao telemóvel, porque podem ter um acidente. As pessoas que vão no banco de trás não devem distrair o condutor, as crianças não devem ir sentadas ao meio do banco sem cinto e sem cadeirinha.
Eu gostei muito desta atividade na Biblioteca Escolar e também da atividade prática que fizemos depois.
Marta Solas 4º B

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Free slideshow customized with Smilebox

A Hora do Conto na BE

No dia 7 de novembro, pelas 11 horas, fomos à Biblioteca ouvir a história do lobo culto. A história falava-nos de um lobo que aprendeu a ler e se tornou um grande contador de histórias. Gostámos muito desta amizade especial entre um lobo e os animais da quinta.
Depois de ouvirmos a história, fizémos um jogo onde tinhamos de completar frases de acordo com os acontecimentos ocorridos na mesma.
Seguidamente, cantámos uma canção sobre um livro. Esta atividade alertou-nos para a importância da leitura.
Alunos do 4º B

Notícias de 2010-2011

 Semana da Leitura

Esta iniciativa anual tem contribuído de modo significativo para a valorização da leitura junto da comunidade educativa, no seu sentido mais lato, envolvendo não só docentes, alunos, pessoal não docente e encarregados de educação, mas também autarquias, empresas, escritores, jornalistas, gente do teatro, entre outros.

Visita ao lar “Santa Maria da Misericórdia”

Para comemorar o dia da Europa, fomos à Biblioteca, no dia 13 de Maio, ouvir a lenda da Europa, contada pela professora Helena.
Ficámos a saber que o nome do nosso continente se deve a uma linda princesa fenícia chamada Europa.
Em seguida, observámos um vídeo da constituição da União Europeia, desde a sua origem até à actualidade. Por fim, aprendemos a construir puzzles através de um site da Internet.
Estas actividades foram interessantes, pois permitiram-nos adquirir novos conhecimentos.

No dia 15 de março, fui a um lar da Santa Casa da Misericórdia em Elvas, mais conhecido por lar “ Quinta Vale de Marmelos”.
A minha turma realizou esta atividade no âmbito da Semana da Leitura.
Foi uma experiência interessante e ao mesmo tempo divertida, porque as crianças leram para os mais velhos e algumas das idosas também mostraram vontade em ler e outras ensinaram-nos quadras muito engraçadas.
Com esta atividade pudemos conhecer pessoas e também perceber que saber ler é uma coisa muito importante.
Eu adorei esta experiência, foi fantástica!

Daniela – 4º C

 A maior parte dos idosos que estavam lá eram senhoras.
Gostei muito desta atividade porque vi que ficaram todos muito contentes com a nossa presença e por lhe estarmos a dar atenção, muitos deles estavam tristes mas nós conseguimos que ficassem a sorrir com a nossa leitura, pois as poesias eram divertidas e muito engraçadas.
Gostava muito de repetir esta atividade.

Nuno 4º C

Leituras com sabor a chocolate

No dia 16 de Março de 2011 fui com a minha turma, com a minha professora e com a professora responsável pela Biblioteca de Santa Luzia à Escola Superior Agrária de Elvas, situada no centro histórico da cidade.
O objectivo da visita era ler várias poesias e contar uma história aos alunos da Universidade Sénior.
Quando lá chegámos, dirigimo-nos a um sala de aula onde estavam os alunos da Universidade Sénior e um professor à nossa espera.
As professoras apresentaram-se e apresentaram-nos.
Estava na hora de começar o nosso trabalho, então cinco dos meus colegas contaram a história “Pele de Piolho” e outros colegas leram umas poesias.
Para os alunos da Universidade Sénior não se esquecerem deste dia, oferecemos, a cada um, uma lembrança, que foi um postal feito pelos alunos do 4º A de Santa Luzia.
Eu penso que eles gostaram da actividade que lhe preparámos, pois prometeram, um dia, vir visitar-nos.
Foi uma manhã diferente e divertida.

Leonor – 4º A

Visita dos alunos da Universidade Sénior à Escola de St.ª Luzia

No dia 30 de Maio a turma do 4º A teve uma agradável surpresa. Os alunos da Universidade Sénior vieram retribuir a visita que lhe tínhamos feito, quando fomos declamar poesia e um texto chamado “A PELE DE PIOLHO”.
Pelas onze horas e trinta minutos, os alunos da Universidade Sénior dirigiram-se à biblioteca da nossa escola, onde foram recebidos por nós e pelos professores.
Eles foram muito simpáticos, pois deram-nos pequenas lembranças, para mais tarde recordarmos.
Para além disso, também nos contaram algumas histórias, que nós ouvimos com atenção.
Para terminar a visita ainda nos ofereceram arroz doce e tirámos uma fotografia em conjunto.
Foi uma manhã divertida e diferente que nunca vamos esquecer, pois aprendemos muito com eles.
Maria Leonor e Giulia – 4º A

Reportagem – A lenda da Europa

Para comemorar o dia da Europa, fomos à Biblioteca, no dia 13 de Maio, ouvir a lenda da Europa, contada pela professora Helena.
Ficámos a saber que o nome do nosso continente se deve a uma linda princesa fenícia chamada Europa.
Em seguida, observámos um vídeo da constituição da União Europeia, desde a sua origem até à actualidade. Por fim, aprendemos a construir puzzles através de um site da Internet.
Estas actividades foram interessantes, pois permitiram-nos adquirir novos conhecimentos.

Inês Cristina – 3º B

A Lenda da Europa

Toda a gente sabe que o continente onde vivemos se chama Europa. Mas poucos conhecem a lenda  grega que deu origem ao nome. Lenda bem bonita! Clica no título e verás a banda desenha da lenda.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s