Ler+ poesia

imagem68

Anda daí e abre a porta a um mundo cheio de cor e de vida, onde irás encontrar miúdos divertidos e animais extrovertidos, barcos a velejar e fardas da cor do mar, peixinhos pouco simpáticos e pescadores sorumbáticos, burros motorizados e ratinhos assustados, pinceladas de Sol e golpes de anzol, insetos que tocam rabecão e um cação resmungão, animais que formam casais e muitas coisas mais.
Vem conhecer este mundo nestas histórias contadas em verso e com a mestria das palavras de António Manuel Couto Viana e a alegria das imagens de Vasco Gargalo.

Ouvir as poesias
Para cada um seu modo de ver
Arre burro
Concerto de insetos
Confeitaria
O marujo Manuel
O peixe risonho
Uma nau maravilhosa

Em Portugal sê poeta


Poemas e música

Ser, ser (Ondjaki)
Urgentemente (Eugénio de Andrade)
O sonho (Sebastião da Gama)
O primeiro astronauta (Mia Couto)
Escada sem corrimão (David Mourão Ferreira)
Não posso adiar (António Ramos Rosa)
Porque (Sophia de Mello Breyner Andersen)
Secreto apelo (Rui Cinatti)
Balada da neve (Augusto Gil)
Entre lagos (Paula Tavares)
O fundo do mar (Sophia de Mello Breyner Andersen)

Com a participação de alunos do 5º B, 5º D, 6º A, 6º D e 9º B

Clique para ouvir os poemas.

A Paz

É o povo todo unido
no mundo, de norte a sul,
e é um balão colorido
subindo no céu azul.

Clica para ler mais…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s