Conhecer a Cidade

imagem1Conhecer a Cidade é um projeto elaborado pela Ordem dos Arquitetos, com o objetivo de promover a educação pela arquitetura, planeamento, urbanismo e cidadania, junto do público infantil e juvenil. Conhecer para intervir de forma crítica nas questões urbanas que marcam o espaço público, procurando informação, debatendo ideias, interagindo com os principais agentes de promoção do espaço urbano.
No desenvolvimento destes saberes encontra-se, necessariamente, a biblioteca escolar, como facilitadora das múltiplas aprendizagens em torno das literacias que compõem o currículo.
Conquistar o saber para agir e viver melhor o espaço urbano, constitui, deste modo, o principal desafio da parceria encetada entre a Ordem dos Arquitetos e a Rede de Bibliotecas Escolares.

Em continuidade…

Elvas, cidade alentejana, orgulha-se de ser denominada por muitos historiadores como “Rainha da Fronteira” e “Chave do Reino”.
Cidade que passou pelas mãos de vários povos, tendo os Godos e os Celtas sido os primeiros povoadores desta autêntica cidade fortaleza. Ler mais…
Elvas

Elvas, antiga “chave do reino”

Elvas chave do reinoEsta cidade já foi a mais importante linha de defesa da nação. Aqui, muitos caíram a lutar contra os espanhóis. Mas Elvas, a poderosa, resistiu sempre. Porque tem o maior sistema de fortificações abaluartadas do mundo. É Património Mundial da Humanidade.
Era ainda Elvas uma pequena vila da raia alentejana, já as suas muralhas dominavam a paisagem da planície. Durante séculos foi sendo ali construída uma fortaleza inexpugnável, que a defendesse dos ataques fronteiriços dos vizinhos castelhanos e, ao mesmo tempo, garantisse a independência de Portugal. As primeiras fortificações com alguma projeção e dimensão são do tempo dos romanos. Ler mais…

A Batalha das Linhas de Elvas

Batalha das Linhas de ElvasDurante cerca de um mês as forças castelhanas cercaram Elvas na esperança de a tomar, mas um exército de socorro surpreendeu-os e, depois de diversos recontros, foram obrigadas a retirar.
O cerco a Elvas pelos castelhanos aconteceu em fins de Outubro de 1658, logo após a retirada do exército português de Badajoz, cidade espanhola que tinham tentado capturar, sem sucesso, nos meses anteriores.
Logo nessa altura começou a ser delineado um exército de socorro em Estremoz, que se colocou em marca no princípio do ano seguinte. A 14 de Janeiro aconteceu a batalha que opôs cerca de catorze mil e quinhentos espanhóis a 11 mil portugueses vindos de Estremoz. Ler mais…

Da crise de sucessão à restauração

A crise de sucessão

O “desaparecimento” de D. Sebastião desencadeou uma crise de sucessão em Portugal. Ler mais…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s