Leituras à la carte

De acordo com o programa das Semanas da Leitura do Departamento de Línguas do Agrupamento de Escolas n.º 2 de Elvas, no pretérito dia 28 de março, alunos das turmas 8.º D e 9.º D, sob a supervisão da professora Helena Saldanha, apresentaram Leituras à la carte, cuja Ementa Poética foi partilhada com colegas dos 2.º e 3.º ciclos.
Foram lidos poemas de António Gedeão, Sophia de Mello Breyner Andresen e Sebastião da Gama, entre outros ilustres escritores, para degustação do público. Os pratos foram servidos com alegria e pagos com amor.
Nos próximos dias, as Leituras à la carte e A Poesia bate à porta continuarão a ocupar parte das aulas dos alunos da Escola Básica n.º 2 de Elvas.

Anúncios
Publicado em Lemos e Gostámos | Publicar um comentário

A história de Pedrito Coelho

Pedrito é um coelho traquinas que mora num bosque, com os seus irmãos e a mãe. Um dia, a mãe tem de sair e recomenda-lhes que fiquem em casa. Pedrito, desobediente, resolve fazer uma visita à horta do Sr. Gregório, que por pouco não lhe custa a vida.

Publicado em História, Lemos e Gostámos, Literatura, livros | Publicar um comentário

José Saramago

“Não nasci para isto, mas isto foi-me dado”

José Saramago recebeu o Nobel em 1998. Foi no dia 8 de outubro que a Real Academia Sueca anunciou a atribuição ao português do prémio maior da literatura.
Começando pelo ponto mais alto da carreira de José Saramago, o anúncio da atribuição do Nobel da Literatura em 1998, vistamos a sua biografia, a forma como ele próprio se percebe e porque escreve e acabamos imersos no seu Memorial do Convento.

Publicado em Divulgação, Efemérides, Literatura | Publicar um comentário

A invenção de Hugo

A Invenção de Hugio Cabret é um livro recomendado para o 3º ciclo, destinado a leitura autónoma.
Órfão, guardião dos relógios e ladrão, Hugo vive por entre as paredes de uma movimentada estação de comboios parisiense, onde a sua sobrevivência depende de segredos e do anonimato. Mas quando, repentinamente, o seu mundo se encaixa – tal como as rodas dentadas dos relógios que vigia – com o de uma excêntrica rapariga amante de livros e o de um velho amargo, dono de uma lojinha de brinquedos, a vida secreta de Hugo e o seu segredo mais precioso são colocados em risco. Um desenho misterioso, um bloco que vale ouro, uma chave roubada, um homem mecânico e uma mensagem escondida do falecido pai de Hugo formam a espinha dorsal deste intrincado, terno e arrebatador mistério.
Existe também a versão filme com o Título “A Invenção de Hugo” do realizador Martin Scorsese.

Publicado em Cinema, Divulgação | Publicar um comentário

Georges Méliès um dos precursores do cinema

Georges Méliès foi um cineasta e ilusionista francês, um dos precursores do cinema. Foi considerado um dos artistas mais inventivos do cinema mundial.
Georges Meliés termina o filme “Viagem à Lua“, de 14 minutos, em que descreve, ao longo de cerca de 30 cenas, uma viagem imaginária ao nosso satélite, inspirada na obra de Júlio Verne “Da Terra à Lua”, de 1865, e na obra “Os primeiros homens na Lua”, publicada por H. G. Wells em 1901. É um clássico da ficção-científica cinematográfica. Ler+

Publicado em Cinema, Divulgação | Publicar um comentário

Dia Mundial do Livro

O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril. Pretende anualmente promover o prazer da leitura e o respeito pelos livros e pelos seus autores.
Esta data foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os homens oferecem às suas «damas» uma rosa vermelha de S. Jorge e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare, Cervantes e Garcilaso de la Vega, falecidos em abril de 1616. Ler+

Publicado em Divulgação, Efemérides | Publicar um comentário